sexta-feira, 29 de junho de 2007

Autoritarismo ou "Ressabiamento" político?

Em relação à Directora do Centro de Saúde de Vieira do Minho que foi exonerada do cargo pelo Ministro da Saúde, não comparo a sua situação ao caso da DREN. Pelo que sei, esta senhora de sua graça, Maria Celeste Cardoso, não tem o perfil mais adequado para exercer o cargo que desempenhava, pois a dita senhora (apenas) está qualificada ou habilitada à função de Administrativa Principal no sector da saúde. Penso que o afastamento se deu mais por incompetência ou incapacidade!... Isto tem uns contornos estranhos... Uma administrativa a exercer um cargo desta responsabilidade (tudo bem, é em Vieira do Minho), que foi nomeada directora do Centro de Saúde na altura, pelo ministro da tutela que era do anterior governo PSD/PP, Luís Filipe Pereira. Na história aparece um terceiro elemento (médico) vereador em Guimarães afecto à CDU que afirma que foi ele o autor dos cartazes... Estas guerras de bastidores em nada contribuem para a evolução... É puro deslumbramento, de quem momentaneamente está "por cima"! E nós vamos assistindo e admitindo este tipo de devaneios e mesquinhez política, que fogem, distraem-nos e roubam-nos ao azimute das coisas simples e boas da vida...

6 comentários:

Savonarola disse...

Sim senhor, aqui estão mais umas importantes informações sobre este caso, pelos vistos não tão linear... De qualquer forma, em relação ao cartaz da polémica, acho francamente que o Correia de Campos exorbitou. Este mal-afamado governante tem protagonizado os mais tristes episódios de autoritarismo do governo não-socialista do Sócrates.
Sem dúvida que os media nos torpedeiam com lixo, com o objectivo de desviar o olhar do essencial: por exemplo, o direito que todo o cidadão tem a uma vida com qualidade!

Teixeira disse...

O "the Watchdog" foi nomeado com o selo "Blogue Activista".

Mais info na Tasca do Teixeira

Abraço
[[]]

REI do bivalve disse...

parabens e um abraço,watchdog

sa disse...

estas histórias de exonerações e despedimentos, e delações que têm afectado o governo nos últimos tempos davam um bom filme

João Rato disse...

Concordo! É mais um estranho caso mas tem outros contornos!
No entanto não deixa de ser estranho, que a afixação de um cartaz num Centro de Saúde de Vieira do Minho mereça um conferência de imprensa de uma espécie de ministro!

Watchdog disse...

João, sobre a conferência de imprensa, já é o devaneio e a mesquinhez política a falar, vulgo, conversa para "encher chouriços!"