segunda-feira, 23 de julho de 2007

Morte ao Harry Potter...

... e à febre do consumismo abominável e desmedido! E ainda a todo o tipo de estado delirante, descontrolado e de histeria colectiva em torno deste "fenómeno"! Mas a culpa é de certos "papás" que permitem este tipo de futilidades.
Não me estou a armar em J. César das Neves ou sequer em supra-sumo da perfeição como pai que sou, até porque a perfeição é uma utopia!
Aprovo a 100% o estímulo à leitura para crianças e adolescentes, até porque considero que ter um livro como companhia, é ter um amigo logo ali... Agora o que me faz confusão é aquela loucura em torno do "fenómeno" Harry Potter! Isto põem-me a pensar e fico de certa forma apreensivo em relação às futuras gerações que vêm tomar conta do mundo... (E então a Matemática?)...
... O futuro e o bem-estar da Humanidade podem estar nas mãos deles! Mas alertem os vossos filhos para a realidade que por vezes é cruel... Porque existe a miséria e a fome (fotos), existem as guerras, o aquecimento global e os desastres ambientais, etc...
Existem um sem-número de causas nobres que os progenitores poderão e deverão estimular os seus filhos a colaborarem, a aprenderem desde pequenos a desenvolver um papel activo na sociedade e a contribuir para que este mundo se torne melhor e menos fútil. Permitam-me deixar uma ou duas sugestões aos papás: Invistam num livro sobre os Direitos Humanos ou os Direitos dos Animais, ou ainda num sobre o papel fundamental da reciclagem...

13 comentários:

Raposa Velha disse...

Off the topic... achei muito gira esta tua coluna à esquerda com os blogs categorizados. O Flicorno está na guerrilha LOL Quando reformular a template do blog hei-de plagiar-te descaradamente, tá? :)

pita-cega disse...

Sempre detestei ídolos com pés de barro e apesar de concordar que sempre é melhor ler Harry Potter do que não ler nada, acho que se anda a meter nas cabeças da juventude que neste mundo tudo se resolve com um simples passe de magia. Mais tarde, quando as dificuldades surgem, são muitos os que não têm estrutura mental para aguentar com os dissabores que a vida lhes apresenta. É aí que muitas vezes começa um longo caminho para a desgraça… mas enfim, é o Mundo em que vivemos e temos de concordar que é cada vez mais difícil apontar o melhor caminho aos jovens, tal é a panóplia de futilidades com que a sociedade os "brinda".

Watchdog disse...

Raposa, estás à vontade, força!
1 Abraço!

Watchdog disse...

Pita, ora nem mais!
1 Abraço!

G disse...

Nem mais!
Concordo plenamente!
Abraço!

G disse...

the Watchdog foi nomeado como "Blog Activista".

Por favor visite http://xicoriasexicoracoes.wordpress.com/2007/07/24/o-xx-recebeu-mais-um-premio/


Abraço!

Watchdog disse...

G, o meu Obrigado!
1 Abraço!

rosarinho disse...

Acho fantastico os miudos lerem Harry potter - até eu já os li - enquanto espero os netos...nem sao incompativeis com o futuro da humanidade, bem pelo contrario

;))

Watchdog disse...

Rosarinho,sem querer ser indelicado, também acho que a Floribela e os Morangos com açucar não ameaçam o futuro da Humanidade, no entanto...
Acima de tudo seja bem-vinda, Rosarinho!

João Rato disse...

Já ouvi falar nesse Harre Póter aos meus filhos! Também sei que a criadora viveu no Porto! Os meus filhos também já ouviram falar cá em casa de outras crianças que não vivem como eles! Dizem-me que também os pais dessas crianças não vivem como eu! Tanto esse Harre como as outras e as nossas crianças vivem no mesmo Mundo! Este Mundo! É preciso que aprendamos todos a interpretar esse Mundo! O sonho e a magia faz parte de todos os mundos, só que há uns mundos mais mágicos que outros!
Ando sempre a aprender como é que hei-de ensinar estas coisas aos meus filhos, ando sempre a lutar para que todos sejam filhos do mesmo pai!
- Até que a voz nos doa!

Watchdog disse...

Ensinar os filhos será uma luta constante ao longo das nossas vidas, por vezes injusta por outras gratificante. Nós pais, somos o seu farol de referência...

Cláudia Pereira Cardoso disse...

Educação para a Cidadania é o que elas (crianças) precisam de ler desde bem pequenas que é para se tornarem pessoas responsáveis e exigentes, e claro, pelo meio, mas doseado, uns Harry Potter. Mas só de vez em quando...

Watchdog disse...

Cláudia se as coisas forem q.b. tudo bem...
Só não suporto é a febre consumista, estes "movimentos massivos", a loucura por um simples livro que ainda por cima está na versão original (inglesa)... Em Outubro assistiremos a uma nova vaga de overdoses de histeria quando sair a versão portuguesa!