quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Burguesia falida

Ontem, depois de um dia de trabalho e enquanto esperava pelo jantar, recostei-me no sofá a ler o resto do jornal que ainda não tinha lido e pelo meio ia fazendo zapping entre os telejornais... Quando dou "de caras" com uma reportagem na SIC, sobre as esposas dos nossos bravos "Lobos"! Não irei contar a peça em pormenor, mas esta, basicamente, centrava-se à volta do apoio que estas senhoras prestaram aos seus maridos, durante o Mundial de Rugby! Então, pelo meio de tiques de "Chá das 5", diziam as "Titas" e as "Tátas" horrorizadas, que era um enorme sacrifício e bastante dispendioso "andar atrás" dos maridos para apoiá-los... Vi e ouvi um ror de queixumes das pseudo-tias durante a reportagem...
Para já, achei o conteúdo da peça, de um profundo mau-gosto, que só serve para "encher chouriços" ( lembrei-me logo daqueles "programinhas" que dão nos nossos canais, pela manhã), e, fiquei com a nítida sensação que aquelas "indirectas" em forma de "queixinhas", eram apelos desesperados para sensibilizar "alguém", para que no futuro se lembrem das esposas dedicadas dos "Lobos" e que um "subsídiozinho" para viagens, deslocações, alojamento e alimentação, até era bem-vindo...
Deprimente!...

3 comentários:

Savonarola disse...

Com os governantes que escolheu, a burguesia ainda ficou mais falida do que estava. Ainda por cima, quando for votar outra vez, arrisca-se a ficar ainda mais falida...
Como típica República das Bananas, Portugal deixou de ter burguesia: tem o povo miserável e os barões todo-poderosos.
Um abraço

João Rato disse...

E anda por aqui agente a queixar-se do país e da injustiça e da miséria e esquecemo-nos destas pobres mulheres! Demo-nos felizes por não sermos como elas!
Abraço

Sofia Bochmann disse...

E os media continuam com uma agenda contra-corrente do que é verdadeiramente importante. Ontem, Pedro Santana Lopes, não quis continuar a entrevista após ter sido interrompido por um acontecimento de menor importância. Foi um sinal importante.

http://cafepuroarabica.blogspot.com/2007/09/os-acontecimentos-verdadeiramente.html

Honra seja feita aos blogues que prosseguem num desígnio de liberdade.