sexta-feira, 22 de junho de 2007

Base de Dados - parte 2

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros duas medidas polémicas (que irão concerteza dar que falar), e que pretende implementar em breve... De uma delas já escrevi no "post" anterior (Base de Dados de perfis de ADN), a outra que vou escrever hoje, consiste também em criar outra Base de Dados para funcionários públicos, passando a ter todo o tipo de informação diponível sobre estes mesmos, desde a sua carreira, benefícios fiscais ou sociais, até (e isto é incrível!!!) à sua situação familiar, o seu património, a sua residência ou automóvel que têm em seu nome, e ainda, a situação escolar dos filhos... Sou 100% a favor da prevenção e combate à fraude fiscal e aprovo que certos indivíduos sejam investigados quando existem suspeitas de evasão contributiva, e concordo ainda, que somos um país com um indíce elevado de evasão fiscal, para não falar do indíce (elevadíssimo) de corrupção, mas o governo generalizar assim desta forma invadindo deliberadamente a vida privada das pessoas... Aonde é que eles (Governo) querem chegar mais?...

4 comentários:

Ronin disse...

Caro Watchdog como eu concordo consigo... Só estou pra ver onde isto vai chegar...

sa disse...

bem este governo dá porrada nois funcionários publicos ate mais não, mas em parte é merecida... é o fim de muitas decadas de "fartar vilanagem" como diria o gonçalo da camara pereira, outro palhaço ca do reino

Watchdog disse...

Não gosto de entrar em comparações, mas inevitavelmente... Se "certas medidas" que o Governo tem tomado, fossem aqui ao lado em Espanha...

pita-cega disse...

Acho que se o governo tem de criar bases de dados é de quem tem negócios sediados em paraísos fiscais para fugir ao fisco com milhões ganhos sabe-se lá como.