quarta-feira, 4 de julho de 2007

O Exemplo Espanhol

Quando o nosso país envelhece, quando a taxa de natalidade é fraca ou pobrezita... Aqui ao lado nuestros hermanos vão ter um incentivo para procriarem. A partir de ontem, 3 de Julho de 2007, por cada criança que nasça ou seja adoptada em Espanha o governo de José Luis Zapatero vai atribuir o subsídio de 2500 Euros... Muitos milhões de portugueses têm de trabalhar muitos meses para igualarem esta verba que o estado espanhol atribui! Dá vontade de pedir asilo aqui ao lado!... Sem o "simplex-complex" mas com Humanizex, Zapatero está de parabéns!

3 comentários:

REI do bivalve disse...

È mais uma medida que, socialmente, nos distância deles.Tão perto e tão longe ao mesmo tempo...este apoio é ver mais além,uma coisa que "nuestros hermanos" fazem tão bem e melhor que nós.No meu ramo,os bivalves, eles enquanto investem e criam para mais tarde terem e não faltarem ,todos em conjunto.Nós é cada um por si,na procura do dinheiro imediato.talvez uma consequência do nosso sistema ou mentalidade...?

Watchdog disse...

Talvez mentalidade e falta de apoio, ou vice-versa...

Cláudia Pereira Cardoso disse...

Penso que aquilo que nos distancia dos Espanhóis é que eles param para fazer avaliação e conseguem detectar e corrigir o que está mal. Já nós, é mais o "pra frente é que é o caminho e o último que apague a luz". Não há muito brio naquilo que se anda a fazer.