domingo, 14 de outubro de 2007

Pormenores...

Estranhei que, desde que [este escândalo] "estoirou" na sexta-feira ao final do dia, que o jornal Público não se tenha referido ou tocado sequer no assunto nas suas edições impressas, tanto na edição de ontem (Sábado), como na de hoje. Olhando pormenorizadamente as duas edições do jornal a que me refiro, descobri (talvez) a resposta à minha estranheza. Verifiquei que em ambas as 1ªs páginas do Público vem em rodapé uma publicidade do banco ao qual me refiro no link acima...
Como certo tipo de publicidade se paga cara, talvez o Público entenda que não deve melindrar a quem lhes paga bem para ter a sua publicidade em rodapé nas edições impressas do jornal.

3 comentários:

João Rato disse...

É por essas e por outras que perdi a confiança na nossa imprensa. Os jornais e as televisões são propriedade de grandes interesses, dispenso-os.

Marreta disse...

Ora a� est� uma conclus�o l�gica.
Acrescentaria ao coment�rio do jo�o rato, que perdi a confian�a (se � que alguma vez a tive) nos bancos privados.
Sauda�es.

Watchdog disse...

Apesar de tudo e pertencendo o Público à Sonae, ainda assim é o "melhorzito" dos jornais da nossa praça...

1 abraço aos dois e passarei nos vossos blogs!