terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Livro Branco das Relações Laborais

Numa notícia avançada hoje pelo Público em que as associações patronais (CIP e CCP) deram um último "parecer" ao Ministério do Trabalho relativamente ao LBRL, no qual defendem a liberilização dos despedimentos, que permitam despedir pela "desculpa" da renovação dos quadros das empresas e que não se limitem apenas aos despedimentos por «inadaptação» ou por via de «processos disciplinares». Isto tudo salvaguardando "a não redução dos postos de trabalho". É apenas pela renovação... Epá, desculpem: Vão para a puta que vos pariu!
Esta corja de capitalistas ainda não atingiu... e estica a corda até à exaustão! Vai tentando adiar desesperadamente uma lenta agonia que os espera. E o medíocre Vieira da Silva irá ceder à tentação da sugestão?...

8 comentários:

Raposa Velha disse...

Pois é meu caro, se esta vai para a frente é que vamos ver o que significa essa renovação de quadros: substituir alguém com vida para além do trabalho, como por exemplo com família, por quem seja jovem o suficiente para fazer horas a mais ganhando o mesmo.

Já agora, passa pelo Fliscorno, tens lá uma cena.

Watchdog disse...

Tens razão. Há mais vida para além do trabalho! É revoltante. Estes FDP como os "Van Zeller´s" devem pensar que estão na China... Esclavagistas do caralho!

1 Abraço!

Marreta disse...

Essa da renovação até me faz rir (ou chorar). Está velho, lixo. Vai para o desemprego pago com o dinheiro do Estado, que no fundo é o dinheiro dos seus contribuintes.
Não tem formação, lixo. Em vez de se promover a formação profissional, é mais fácil despedir, de forma a transmitir os encargos para o Estado e, no fundo, novamente para os contribuintes.
O patrão está farto da mesma cara, lixo. Há que introduzir na empresa caras novas e mais arejadas.
Uma PALHAÇADA! No fundo as pessoas passam a ser apenas peões num tabuleiro de xadrez, em que aquilo que conta é apenas a lógica das jogadas feitas pelo jogador que controla as peças.
Saudações do Marreta.

Pinoka disse...

Temo que este governo vá mesmo na conversa dos “patrões”.
Cada vez a miséria há-de ser maior.
Haverá alguém que explique a este rapazinho chamado Sócrates, o que é o socialismo?

Watchdog disse...

Marreta e Pinoka:

Só estou à espera da resposta de Viera da Silva às sugestões dos porcos capitalistas!
De qualquer forma não podemos admitir que nos tentem impôr condições ainda mais precárias do que aquelas que já temos. Temos que impedi-los! Manifestemos-nos, vamos para a rua (de chicote)contra aqueles que tentam promover aquilo que é práticamente impossível de acontecer num país da UE em pleno sec. XXI: A Escravatura!

1 Abraço!

Mocho-Real disse...

Houve um caramelo da CIP que me indignou sobremaneira, mas nem fixei a sua raça, ou seja, a sua graça, o seu nome.

Coitadas das mães que deram ao mundo tais crias! Ou serão tão boas como eles?! Até me apetece dizer: Foda-se!!!

Um abraço, Watchdog.

Watchdog disse...

Mocho Real:

As Mães provavelmente até não têm culpa destes cabrões que puseram no mundo!
Mas que estes gajos nos querem "dar com o chicote", ah lá isso querem!

Perdoem-me o linguajar, mas pelo feitio que tenho não os consigo tratar mais suavemente!

Pata Negra disse...

Ainda bem que estão a esticar a corda tanto, só assim ela acabará por partir e talvez aí eles tenham de ir passar novamente uns tempos ao Brasil!
Um abraço por um novo Abril